encontro_maes_vitimas_estado_2017_01

Encontro Nacional de Mães vítimas do Estado

Maio de 2017. O 2° Encontro Nacional de Mães vítimas do Estado aconteceu na favela de Manguinhos, zona norte do Rio de Janeiro, com diversas atividades ao longo da semana.

Na Avenida Rio Branco, ao lado da Igreja da Candelária no Centro do Rio, as mães e ativistas se reuniram para protestar contra a violência do Estado. Elas carregavam faixas, placas e fotos denunciando a violência policial nas favelas do Rio.

A manifestação no dia 19 foi o primeiro evento do Segundo Encontro da Rede Nacional de Mães e Familiares de Vítimas do Terrorismo do Estado. As famílias das vítimas de todo o Brasil se reuniram com organizações como a Rede de Comunidades e Movimentos contra a Violência, Movimento Mães de Maio de São Paulo, Mães de Manguinhos, Centro dos Direitos Humanos da Diocese de Nova Iguaçu, Fórum Grita Baixada, Fórum de Juventudes do Rio de Janeiro, Mães do Ceará, Associação das Mães e Familiares de Vítimas de Violência do Estado do Espírito Santo, e Mães de Belo Horizonte que estavam presentes. Os parentes entregaram uma caneta simbólica à Assembleia Legislativa na esperança de que os seus pedidos se transformem em lei. Suas metas incluem a criação de um fundo de reparação às famílias daqueles que foram mortos, o estabelecimento de uma semana reconhecida pelo Estado para a luta de mães e parentes das vítimas de violência do Estado e o apoio para a lei 182/2/15, que destituiria os policiais que não apoiam a justiça.

O Encontro Nacional continuou em um evento entre gerações no Campo Society em Manguinhos na Zona Norte. O evento teve início com a apresentação das mães e parentes, quando cada uma compartilhou histórias das suas perdas e a busca por justiça. Também houve referência à importância do mês de maio: “Maio é um mês simbólico. É um mês em que as mulheres estão em luta em todos os seus territórios”, explicou uma das oradoras. As mães explicaram que o evento também representava um dos muitos esforços para a “desmilitarização das Américas”, e manifestou solidariedade aos movimentos na Colômbia, nos Estados Unidos e outros.

Manifestação no Centro do Rio, parte das atividades do Encontro — Foto: Rafael Daguerre
Manifestação no Centro do Rio, parte das atividades do Encontro — Foto: Rafael Daguerre
Manifestação no Centro do Rio, parte das atividades do Encontro — Foto: Rafael Daguerre
Manifestação no Centro do Rio, parte das atividades do Encontro — Foto: Rafael Daguerre
Manifestação no Centro do Rio, parte das atividades do Encontro — Foto: Rafael Daguerre
Manifestação no Centro do Rio, parte das atividades do Encontro — Foto: Rafael Daguerre
Manifestação no Centro do Rio, parte das atividades do Encontro — Foto: Rafael Daguerre
Manifestação no Centro do Rio, parte das atividades do Encontro — Foto: Rafael Daguerre
Manifestação no Centro do Rio, parte das atividades do Encontro — Foto: Rafael Daguerre
Manifestação no Centro do Rio, parte das atividades do Encontro — Foto: Rafael Daguerre
Manifestação no Centro do Rio, parte das atividades do Encontro — Foto: Rafael Daguerre
Manifestação no Centro do Rio, parte das atividades do Encontro — Foto: Rafael Daguerre
Manifestação no Centro do Rio, parte das atividades do Encontro — Foto: Rafael Daguerre
Manifestação no Centro do Rio, parte das atividades do Encontro — Foto: Rafael Daguerre
Encontro Nacional na favela de Manguinhos reuniu diversas entidades e movimentos sociais que lutam contra o terrorismo de Estado — Foto: Rafael Daguerre
Encontro Nacional na favela de Manguinhos reuniu diversas entidades e movimentos sociais que lutam contra o terrorismo de Estado — Foto: Rafael Daguerre
Encontro Nacional na favela de Manguinhos reuniu diversas entidades e movimentos sociais que lutam contra o terrorismo de Estado — Foto: Rafael Daguerre
Encontro Nacional na favela de Manguinhos reuniu diversas entidades e movimentos sociais que lutam contra o terrorismo de Estado — Foto: Rafael Daguerre
Encontro Nacional na favela de Manguinhos reuniu diversas entidades e movimentos sociais que lutam contra o terrorismo de Estado — Foto: Rafael Daguerre
Encontro Nacional na favela de Manguinhos reuniu diversas entidades e movimentos sociais que lutam contra o terrorismo de Estado — Foto: Rafael Daguerre
Encontro Nacional na favela de Manguinhos reuniu diversas entidades e movimentos sociais que lutam contra o terrorismo de Estado — Foto: Rafael Daguerre
Encontro Nacional na favela de Manguinhos reuniu diversas entidades e movimentos sociais que lutam contra o terrorismo de Estado — Foto: Rafael Daguerre
Alguns moradores da favela acompanhavam o Encontro Nacional em Manguinhos de suas casas — Foto: Rafael Daguerre
Alguns moradores da favela acompanhavam o Encontro Nacional em Manguinhos de suas casas — Foto: Rafael Daguerre
Diversas crianças participaram do 2° Encontro Nacional na favela de Manguinhos — Foto: Rafael Daguerre
Diversas crianças participaram do 2° Encontro Nacional na favela de Manguinhos — Foto: Rafael Daguerre
Encontro Nacional na favela de Manguinhos reuniu diversas entidades e movimentos sociais que lutam contra o terrorismo de Estado — Foto: Rafael Daguerre
Encontro Nacional na favela de Manguinhos reuniu diversas entidades e movimentos sociais que lutam contra o terrorismo de Estado — Foto: Rafael Daguerre
Encontro Nacional na favela de Manguinhos reuniu diversas entidades e movimentos sociais que lutam contra o terrorismo de Estado — Foto: Rafael Daguerre
Encontro Nacional na favela de Manguinhos reuniu diversas entidades e movimentos sociais que lutam contra o terrorismo de Estado — Foto: Rafael Daguerre
O Movimento Mães de Maio esteve presente no 2° Encontro Nacional na favela de Manguinhos — Foto: Rafael Daguerre
O Movimento Mães de Maio esteve presente no 2° Encontro Nacional na favela de Manguinhos — Foto: Rafael Daguerre
Faixa do movimento social 'Mães de Manguinhos' no Encontro Nacional na favela de Manguinhos — Foto: Rafael Daguerre
Faixa do movimento social 'Mães de Manguinhos' no Encontro Nacional na favela de Manguinhos — Foto: Rafael Daguerre
Emocionadas, mães se abraçam e juntam forças para a interminável luta contra o terrorismo de Estado — Foto: Rafael Daguerre
Emocionadas, mães se abraçam e juntam forças para a interminável luta contra o terrorismo de Estado — Foto: Rafael Daguerre
Emocionadas, mães se abraçam e juntam forças para a interminável luta contra o terrorismo de Estado — Foto: Rafael Daguerre
Emocionadas, mães se abraçam e juntam forças para a interminável luta contra o terrorismo de Estado — Foto: Rafael Daguerre