Mostra do Filme Marginal

A Mostra do Filme Marginal é um projeto de cinema independente que tem por objetivo valorizar e divulgar produções fora do eixo comercial.

O projeto é um instrumento de difusão, reflexão, estímulo e autoformação e organização do público para um cinema popular, autoral e crítico.

A primeira edição foi realizada em setembro de 2017 no “Espaço Outrx”, espaço cultural coletivo, colaborativo e autogerido em Vila Isabel, no Rio de Janeiro. Foram 9 sessões, 38 filmes exibidos, com oficinas e shows durante os três dias.

A segunda edição, em 2018, buscou expandir o evento para outras cidades. Entre os dias 19 e 23 de setembro, houveram exibições no Rio de Janeiro e em Niterói. De 05 a 11 de Novembro ocupamos a Sala Walter da Silveira na cidade de Salvador, cinema histórico e de grande importância para o audiovisual baiano.

Em 2019, recebemos 600 filmes

A 3° edição aconteceu entre os dias 14 e 22 de setembro de 2019 no Rio de Janeiro. Em Salvador, a Mostra foi realizada entre os dias 04 e 10 de novembro, novamente na sala Walter da Silveira. Assim como as exibições anteriores, não teve cobrança de ingressos. Acreditamos que dessa forma facilitaremos o acesso da população, impedida pelos altos custos das atividades culturais, a uma programação de qualidade.

Recebemos 600 filmes de todas as regiões do país, inclusive, de lugares distantes do eixo comercial e midiático que são os grandes centros urbanos.

Essa adesão reforça a importância da criação e o fortalecimento de projetos de exibição, discussão e divulgação dos trabalhos audiovisuais independentes.

Também em 2019 a Mostra realizou duas sessões no dia 15 de dezembro em um cinema ocupado La Cref Revival na cidade de Paris, na França.

Em janeiro de 2020, a Mostra do Filme Marginal foi convidada a realizar exibições em Campo Grande e Miranda, no Mato Grosso do Sul (MS). Em Campo Grande, capital de MS, as exibições ocorreram na Central de Economia Solidária e no Centro de Difusão da Cultura Afro-brasileira, na Comunidade Quilombola Tia Eva. Na cidade de Miranda, as exibições ocorreram em uma aldeia indígena do Povo Terena.

Para saber mais sobre a Mostra do Filme Marginal, clique aqui.

Siga-nos:

“Se suas fotos não são boas o suficiente, você não está perto o suficiente”, Robert Capa, um dos mais célebres fotógrafos de guerra. Capa cobriu importantes conflitos da primeira metade do século XX: a Guerra Civil Espanhola, a Segunda Guerra Sino-Japonesa, a Segunda Guerra Mundial na Europa, no Norte da África, a Guerra Árabe-Israelense de 1948 e a Primeira Guerra da Indochina.
Endereço:
Rio de Janeiro, Brasil
Telefone: